Icones: OFF: http://www.merrypic.com/files/jlvjequcwpg0s8lzcljr.ico http://www.iconj.com/ico/8/g/8gulktd3sd.ico OFF: http://www.imageboo.com/files/7jrisja3pe8b18nbdcsj.ico Circuito Rede Cerebral: Comunicação com Espíritos
sábado, 2 de janeiro de 2010

Comunicação com Espíritos


"A comunicação com espíritos não é brincadeira!"

Seja você crente ou cético a comunicação com espíritos é real e acontece. Se não acredita em vida pós morte suas dúvidas acabarão no dia em que deixar este mundo.

Para entender os mecanismos de contato com os mortos abra a mente pra novos conhecimentos. Não há meios seguros ou saudáveis. Durante a comunicação, ataques físicos e psíquicos são freqüentes e perigosos, por isso tenha cuidado brincar com isso põe em risco sua vida e de outros a sua volta.

É fato que entrar em contato com espíritos tenha que possuir/adquirir sensibilidade paranormal, mas dificilmente as pessoas desenvolvem esse lado, geralmente já nascem com esse dom. Porém, em alguns momentos da vida, exaltamos sentimentos fortes (dor, medo, fé e tristeza) capazes de abrir conexões com o mundo espiritual, já que a maioria dos espíritos e outras forças são de cunho maligno.

As conseqüências, na maior parte das vezes, são irreversíveis, pois o problema maior é não saber com o que está mexendo (forças malignas, espíritos confusos, brincalhões, angustiados, tristes ou super-protetores).
O conselho é de nunca invadir o território sobrenatural, por que uma vez envolvido sempre terá uma conexão entre você e o mundo dos mortos.

Existem vários meios de se comunicar, mas resumirei em dois modos: Tabua Ou-ija e FVE.

A Tabua Ou-ija é muito usada desde os tempos remotos, funciona por invocação de espíritos por meio de perguntas (Tem alguém aqui?... Qual seu nome?...), geralmente feito com mais de uma pessoa. Similares: Jogo do copo, jogo do compasso, dentre outros.

FVE é um mecanismo muito usado, diferente da Tabua Ou-ija ele funciona por gravação de áudios. Na maioria das vezes são gravados ruídos ou sussurros quase indecifráveis precisando até de amplificadores eletrônicos (atualmente isso é feito através de softwares de edição para áudios). Atenção e calma são indispensáveis, já que pode levar dias dependendo do lugar em questão.

Todos os meios são muito perigosos, pois quando “portas” são abertas os espíritos são atraídos para elas. Mas saiba que não existem apenas espíritos, coisas piores vagão sem rumo a procura dessas “portas”.
Para facilitar o processo procure por locais estratégicos, casas com históricos de assassinatos ou suicídios. Mortes violentas marcam profundamente o ambiente e geralmente aprisionam mais de um espírito. Em alguns casos a marca é tão profunda - cheia de ódio, dor e tristeza - que acaba funcionando como imã de forças negativas.

Alguns sinais de presença de espíritos: Ruídos, luzes piscando, portas batendo, batidas na parede, sombras e odores. Esses são os mais evidentes, outros sinais são mais agressivos e nem sempre provocados por espíritos como dores fortes, mal-estar, contatos físicos com hematomas, dentre outros.

Caso encontre algo pior que um espírito (um “Demônio”), fuja sem pensar e procure ajuda espiritual (a igreja, centros espíritas, caça fantasmas, ou agentes espirituais de investigação paranormal).

Todos os espíritos possuem algo a fazer, deixaram coisas a fazer, promessas que não cumpriram, possuem muito ódio, vontade de se vingar, causam problemas para os “vivos”.

Espíritos Confusos: são aqueles que não sabem que morreram, podem ser agressivos com os vivos e até pensar que “nós” somos os fantasmas que os atormentam.

Espíritos Brincalhões: são espíritos, geralmente, de crianças que se conectam tanto através da sensibilidade das pessoas.

Espíritos Tristes e Angustiados: a maioria se suicidou, podem ser agressivos e influenciar na vida de um casal. Sendo um espírito de uma mulher traída, as vítimas dela serão as mulheres da casa, ou vice-versa.

Espíritos Super-protetores: são espíritos comuns ou de luz, eles podem proteger outros espíritos ou os vivos de espíritos malignos e demônios.

Demônios: são muito fortes e malignos, destroem vidas e conseguem perseguir as pessoas e, são difíceis se livrar.

Os vivos podem controlar espíritos e demônios em troca de favores (sua alma, seu sangue e sua vida).

Em todo caso sua vida será destruída progressivamente a ponto de se matar ou matar alguém. Para amenizar os efeitos, abençoe cada cômodo da casa com água benta e orações fortes de conjuração espiritual. Assim com nós, os espíritos não nos vêem, mas nos sentem. A possibilidade de ser dominado ou possuído por um espírito é grande e não tem como bloquear. Se for “brincar” com o mundo dos mortos te desejo Boa Sorte e que Deus te proteja, pois vai precisar de toda ajuda espiritual ao seu alcance.

2 comentários:

Anna Mey disse...

Muito bom seu blog, principalmente esta postagem. Eu queria muito ver espíritos, mas agora não sei se vai ser tão legal assim.
Você esclareceu algumas dúvidas que eu tinha.

Obrigada!

Anônimo disse...

eu fiz a brincadeira do copo, e até ele responder minhas eprguntas eu num acreditava naum...

é muito sisnistro, mas não maligno, a menos q invoque algo.


é de boa.

Postar um comentário

 
Subir