Icones: OFF: http://www.merrypic.com/files/jlvjequcwpg0s8lzcljr.ico http://www.iconj.com/ico/8/g/8gulktd3sd.ico OFF: http://www.imageboo.com/files/7jrisja3pe8b18nbdcsj.ico Circuito Rede Cerebral: Atraso
quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Atraso


Amedrontado vivia
Angustiado pelo amor
E no meu rosto escorria
Lagrimas de um sonhador

Sincera luta mantia
Dominado pela dor
Exílio formou alegria
E dela mero rancor

Olhava para o céu em brasa
E dos rios de fogo criada
Fumaça negra que mata

Voando pássaro de uma asa
Penso nela, minha amada
O quente medo me mata

8 comentários:

Guilherme Chicalé disse...

Mais 1 poeta a mulherada curte isso vai entender... =D

Circuito disse...

uahsaushaush...
Vlw...

Rafa disse...

Lindo poema amigo!

Li ostres ultimos e gostei muito!

http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/
http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

Amgus M. Z. disse...

Curto, mas profundamente penetrante... Parabéns

Pobre esponja disse...

Legal, parabéns pela sensibiolidade amigo.
Carpe Diem !

abç
Pobre Esponja

Pedro Bittencourt disse...

Muito bom,belas palavras...Parabéns ;D

Postar um comentário

 
Subir